PORTAL DO PROFESSOR
APP CIC DAMAS

CASA DE FORMAÇÃO

31/08/2021 às 13h00

            Mariama, Mãe de Cristo e de todos os homens. Era assim que Nossa Senhora Aparecida era chamada carinhosamente por Dom Hélder Câmara. A palavra acabou virando oração e também deu nome à chácara das Religiosas da Instrução Cristã – RIC – sediada no município de Lagoa Seca, na Paraíba. O local é uma extensão afetiva do CIC Damas e um grande palco para o fortalecimento dos valores cristãos nos nossos estudantes. É também um espaço de saudade para muitos eternos alunos e eternos educadores desta casa.

            Todos os anos, o Mariama abre as portas para receber turmas durante os Encontros de Evangelização, uma marca registrada dos Colégios da Rede Damas Educacional. São momentos de partilha e vivências únicas onde o carisma agatheano está presente nos detalhes. Mas foi em 2007 quando a chácara passou a ter um significado ainda maior para a Rede: se tornou Casa de Formação das Religiosas da Instrução Cristã.

            A Ir. Débora Monteiro tem uma ligação muito especial com o Mariama. Foi também no ano de 2007 quando ela deixou sua cidade natal, em Pernambuco, para fazer parte do primeiro grupo de postulantes acolhidas na casa paraibana. Ela lembra que, na época, eram nove jovens que participavam da etapa de formação das religiosas. “Eu trago com muita gratidão a Deus esse tempo onde eu fui muito feliz nesse espaço. Quando chegamos aqui, olhamos e dissemos: é um pedacinho do céu. Porque, de fato, é um pedacinho sagrado”, contou irmã Débora, que hoje é coordenadora da Animação Vocacional da Província e acompanha as jovens no processo de formação no Aspirantado.

            As três etapas de formação ocorrem de forma simultânea na Chácara Mariama: o aspirantado, o postulantado e o noviciado, possibilitando uma ajuda mútua e a convivência mais integradora entre as formandas. “As experiências vão se fundindo”, disse a formadora Ir. Celeste Bispo. “A vida comunitária é dinâmica, então, através de partilhas, ajuda mútua e presença amiga vai se dando a formação”, completou.

            A irmã Isabella Castellani, veio de Maringá, no Paraná, e já está no segundo ano do noviciado em Mariama. “Quando eu soube que viria para a Paraíba, percebi que seria uma imersão mais profunda nesse chamado que Jesus me fez”. Atualmente, a Casa de Formação tem seis jovens e mais duas formandas inseridas em outras comunidades, todas dedicadas a revelar a face atual do Cristo educador. Duas vezes por semana, as aspirantes e postulantes passam o dia no CIC Damas não apenas acompanhando a rotina escolar, mas, acima de tudo, em processo de discernimento vocacional. “Na escola, elas se inserem em nosso campo de missão. Se inserem no Carisma e na missão educacional”, reforça Irmã Débora.

            E muita gente pode se perguntar: o que leva essas jovens a ingressar na vida religiosa? “A certeza vai sendo construída no dia a dia com as vivências, mas é o encontro do desejo de Deus com o meu desejo de doar a minha vida pela causa do Reino é o sentido de tudo. E o Instituto é esse lugar onde eu me encontro nesse meu propósito”, resumiu a postulante Thaís Pereira.